sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

No tempo da ditadura

Na disciplina de Estudo do Meio, estamos a estudar a 1ª República.
Ficámos a saber que, durante o Estado Novo, proibiram-se os partidos políticos, as manifestações e as greves. Todos os jornais, as revistas, os livros, a televisão, o cinema, o teatro eram previamente vistos porque tudo o que desagradasse ao Governo, não poderia ser escrito, nem lido, nem ouvido. Nessa altura, organizou-se uma polícia política, a PIDE, que vigiava e reprimia as pessoas que tivessem ideias diferentes do governo.
A Inês convidou uma tia, a D. Idália, actualmente com 47 anos, para vir à nossa sala, falar de uma história que se passou com o seu pai (avô da Inês), no tempo da Ditadura.
Na altura, tinha 11 anos. Certo dia, para ir à feira de Santa Catarina com toda a família, o seu pai prendeu dois cestos no seu burro onde colocou os dois irmãos mais novos e lá foram eles. Chegados à feira, o pai prendeu o burro a um poste e foram às compras.
Passados alguns minutos, chegaram perto do pai uns homens que lhe disseram: "O Senhor venha connosco!" Claro que o pai perguntou porquê. Responderam-lhe que o burro estava mal parado. Esses homens eram da PIDE e levaram-no para as Caldas da Rainha onde o agrediram. Por sorte, o avô da Inês tina um tio que também pertencia à PIDE e que fez com que ele não fosse para o forte de Peniche, onde poderia ter sido torturado. Nessa noite, voltou para junto da família.

Obrigado pelo seu testemunho, D. Idália.
4º J - Prof. Celina


1 comentário:

Paula disse...

Naquele tempo tudo era muito estranho. E agora, será que já não é?

Bonito.
FPaula

Seguidores

Acerca de mim

A escola foi construída em 1963 e restaurada em 2003. É composta por dez turmas do 1º Ciclo que funcionam em regime duplo. No Jardim-de-infância, funcionam duas turmas. No total, são duzentos e sessenta alunos. A nossa escola tem uma biblioteca e um centro de recursos. Os alunos têm várias Actividades de Enriquecimento Curricular: Inglês, Música Actividade Física e Natação.